Pesquisa revela que intenção de consumo das famílias de Palmas permanece estável

Em novembro a pesquisa que mede o índice geral da intenção de consumo das famílias de Palmas (ICF) registrou 92,6, demonstrando uma leve queda com relação ao mês anterior que registrou 92,9. O item “Perspectiva de consumo” foi o que apresentou maior variação mensal positiva ficando em 3,4%, já a maior variação negativa ficou com o item “Perspectiva profissional” com -2,6%.

De acordo com a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso, a pesquisa condiz com o cenário atual. “Com a inflação um pouco mais elevada e o alto desemprego, a renda remanescente no mês serve para pagar contas e não para consumir. Ainda diante deste cenário as famílias encontram dificuldades em conseguir crédito, e isso também, impede a expansão do consumo” disse. No momento, 75,5% acreditam que o acesso ao crédito está mais difícil.

48,7% disseram que em comparação ao mesmo período do ano passado a renda familiar atual está melhor. Porém 58,2% dos entrevistados responderam que o consumo atual está menor, ou seja, estão comprando menos. Para 57,5% este é um mau momento para aquisição de bens duráveis, como casa, carro, eletrodomésticos e etc.

Esta pesquisa é realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins. São entrevistadas 500 famílias de Palmas, nos últimos dez dias do mês anterior a pesquisa, neste caso, outubro. A pesquisa completa está disponível no site da Fecomércio no link: pesquisas.

 

 

Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio de Gêneros Alimentícios do Estado do Tocantins

  • Endereço:
    Rua Joaquim Gava 95-B - Jardim América
  • CEP: 77805-206
  • Processo: 421
  • Telefone(s):(63) 3412-3619
  • Email contato: sigealto@hotmail.com
  • Presidente:
    JOSÉ VICENTE FRANCO CASTROVIEJO